[Resenha]: Play - Kylie Scott (Stage Dive #2)

22 fevereiro 2016

Sinopse: Ele precisava de uma namorada de mentira. Ela precisava de ajuda financeira. Mas será que eles vão conseguir não misturar os sentimentos com os negócios? Mal Ericson, o baterista da mundialmente famosa banda de rock Stage Dive, precisa melhorar sua imagem, e rápido. Ter uma boa garota ao seu lado parece ser o suficiente. Mal não planejara que este artifício temporário se tornasse permanente; no entanto, ele não esperava encontrar o amor de sua vida. Anne Rollings jamais pensou que conheceria o rockstar que inundava as paredes de seu quarto na adolescência - especialmente não naquelas circunstâncias. Anne está com problemas financeiros, e dos grandes. Porém, ser paga para ser a namorada de mentira de um selvagem e festeiro baterista não poderia terminar bem, não importa se ele é muito gostoso. Será que um final feliz é possível nesse caso?

Oi pessoal! Hoje a resenha é de Play, o segundo livro da série Stage Dive, você não precisa ler Lick, o primeiro livro, pra ler esse aqui, pois cada um dos livros conta a história de um casal diferente. Pra ler a resenha de Lick, é só clicar aqui :)


Mal Ericson é o baterista da banda Stage Dive e ele é o palhaço da turma, ele tá sempre fazendo alguma brincadeira, contando alguma piada e passando cantadas bregas nas mulheres que ele encontra, e sempre dá certo! Claro que ser bonito, famoso e rico também não atrapalha né, mas ele é feliz assim, livre, leve e solto, e não vê nenhum motivo pra mudar as coisas. 

Nossa, essa é a coisa mais romântica que eu já ouvi. Eu posso praticamente sentir minhas pernas apenas se abrindo para você agora. 


Até que um dia ele se encontra em uma situação onde ele precisa mudar a imagem dele, e pra isso ele precisa de uma namorada séria, de mentira claro hehe. Ah! E eles têm que parecer super apaixonados. 

É o destino, Anne. Escrito nas Estrelas. 

Anne Rollings trabalha numa livraria e tem uma vida bem parada. Certo dia, ela chega em casa e vê que a colega de apartamento dela sumiu e a deixou com sérios problemas financeiros, ela não sabe como como ela vai pagar o aluguel e ajudar a sua irmã mais nova com a faculdade. Enquanto ela tá triste pensando na solução desses problemas, a sua vizinha a convida pra uma festa pra ela se animar. A última coisa que ela imaginava é que ela fosse conhecer o seu amor platônico da adolescência: Mal Ericson.

Entãããão. Mal me deu um beijo na testa. Você não tinha só uma quedinha em mim. Você é a minha maior fã. Você me ama.
Eu não te amo.
Você me ama sim. Ele me aperta. Eu sou o seu tudo. Você estaria perdida sem mim.

E a noite só vai ficando ainda mais estranha, ele faz uma proposta super maluca e inesperada: se ela topar ser namorada de mentira dele, ele não vai deixar que ela seja despejada do apartamento, olha que maravilha! Mal é o gênio das idéias brilhantes haha. Todo mundo sai ganhando, deslumbrada com o furacão que é o Mal, ela acaba aceitando e eles entram em um acordo. 

Vamos, Anne. Devemos defender a nossa vida sexual de mentira.


Só que eles estabelecem alguns limites que eles acabam ignorando completamente... Obviamente.

Colocar o seu pau? Perguntei, minhas sobrancelhas provavelmente se tocando. Você realmente disse isso?
Fazer amor. Eu quis dizer fazer amor... claro. Eu nunca iria apenas colocar meu pau em você. Gostaria de fazer amor louca e apaixonadamente com este seu corpo doce por dias, não, semanas. Seria lindo, moranguinho. Haveria anjinhos e passarinhos, sabe... todos ao nosso redor, observando. Pervertidos.

Eles continuam nesse relacionamento bagunçado e aos poucos Anne começa a perceber que mesmo que ele sempre seja a alegria da festa, Mal não está totalmente feliz e anda escondendo alguma coisa dos seus amigos. Será que eles vão chegar a confiar um no outro e ser honestos sobre o que tá acontecendo? Ou será que a vida de famoso do Mal vai acabar sendo demais pra Anne? 

Eu pensei que ela ia me bater, eu disse, observando a menina decepcionada indo embora na multidão. Ser sua namorada é perigoso.
O que você quer que eu diga? Eu sou um espécime magnífico de masculinidade. Claro que todas elas me querem. Mas eu aprecio você estar protegendo a minha honra.

Eu AMEI esse livro, ele é hilário e romântico, com ótimos diálogos, uma fórmula que nunca sai de moda na minha estante. A Anne era exatamente o que o Mal precisava, sempre paciente e sempre aceitava as loucuras do Mal sem se tornar capacho dele. E ele carismático e charmoso como sempre, Mal era meu favorito desde o primeiro livro e fiquei muito feliz que a história dele não me decepcionou :) Sem muito drama, essa é simplesmente a história de um cara e uma garota que encontraram o amor quando eles não estavam esperando. Recomendo!

Eu comecei a receber mensagens de Mal pouco antes do almoço.
...
Mal: Quando você fica menstruada? Davie disse para descobrir se você gosta de biscoitos ou sorvete.
Anne: Eu quero não falar sobre isso nunca.
...
Mal: Gostei do sutiã de renda verde.
Anne: Saia das minhas gavetas, Mal.
Mal: Tem a calcinha combinando?
Anne: SAI AGORA.
Mal: :)
...
Mal: Marcando terapia de casais. Terça-feira às 4h15 tá bom?
Anne: Nós não vamos fazer terapia.
Mal: Qual é o problema? Você não me ama mais?
Anne: Desligando o celular agora.


Play (Stage Dive #2)
Título Original: Play 
Autora: Kylie Scott
Ano: 2015 / Páginas: 320
Idioma: português 
Editora: Universo dos Livros

3 comentários:

  1. kkkk Só de ler sua resenha e ver as gifs fiquei rindo aqui que nem louca. Parece ser um livro realmente bom, quero muito ler. Já estava de olho nele, mas sua resenha me deixou mais ansiosa. Seu blog é tão fofo!
    Passa lá no meu também.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  2. Miga, sua loca! KKKKKK... Não faz resenhas assim. Eu fico desesperado para ler aqui.
    Desde a sua resenha de Lick que quero essa série. Parece ser ótima.
    Acho que é característica da série essa mistura de romance e humor. Parece casar muito bem porque os quotes que você colocou são ótimos.
    Ah, e esses gifs do Adam <3333333 Amo pra sempre!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Amiga,
    Chorei de rir com os quotes e os gifs kkkkkkkkkkkkkkk
    Quero ler o livro. Parece ser divertidíssimo.
    Amei a resenha.
    bjs

    www.entrepaginasesonhos.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita! Eu respondo por aqui mesmo ou pode deixar o link do seu blog que eu visito você :) Espero que você volte logo! Nanda ;)