[Resenha]: Desejo Proibido - Sophie Jackson

06 janeiro 2016

Sinopse: Primeiro livro de uma trilogia, Desejo proibido é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado. Katherine Lane nasceu em berço de ouro. Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária. Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim pela crescente atração entre os dois. Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa. Porém Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas.

Já fiz coisas que fariam sua linda cabecinha pirar, e você estando assim tão perto - ele apontou com o queixo para o espaço entre eles e seus olhares se encontraram -, bem, me faz querer ser mau de novo. O ar pareceu faltar nos pulmões de Kat. Carter sorriu, aparentemente satisfeito consigo mesmo, e se recostou na cadeira. Babaca arrogante.


Oi pessoal! Hoje a resenha é de Desejo Proibido da Sophie Jackson, uma história que começou como uma fanfic do livro Crepúsculo e fez o maior barulho na internet, especialmente no twitter. Depois de ler a sinopse eu fiquei bastante curiosa, eu dei 4 estrelas, mas tá mais pra 3,5, já vou explicar ;)

Wes Carter vive entrando e saindo da prisão desde garoto e acumulou um belo currículo pra comprovar a sua reputação de bad boy. Agora, aos 27 anos, ele está cumprindo mais uma sentença por um crime que ele jura de pé junto que não cometeu, só que o seu comportamento rebelde, desafiador e arrogante realmente não ajuda, hehe.

Kat Lane vive traumatizada pela memória do assassinato do seu pai, que ela presenciou quando criança. Inspirada pela vida dele no senado, depois que Kat se forma em Literatura, ela decide usar o seu diploma para contribuir da melhor forma para melhorar a sociedade. Mas ela também quer superar os seus medos da infância e assim, aos 25 anos, ela começa a dar aula numa prisão de segurança máxima e o seu mais novo aluno é o nosso bad boy preferido, Carter ;)

Ela havia reparado no jeito como ele tinha observado os outros alunos da sala - presunçoso e arrogante - e não gostara nada daquilo. Ele obviamente era um babaca egocêntrico que se achava superior a todo mundo ali, inclusive ela, o que a irritava demais. Apesar da sua habilidade de calar a boca de todos com sua carranca sombria e hostilidade, aquela era a turma dela. Não dele.

Quando esses dois se conhecem, eles não vão com a cara um do outro, Kat quer provar a sua autoridade numa sala cheia de detentos, ela também sente que tem que mostrar para os amigos, a sua mãe e pra ela mesma que ela consegue dar aula em uma prisão. Só que Carter claramente não gosta de nenhum tipo de autoridade e de ninguém exercendo nenhum tipo de poder sobre ele, mas apesar disso o termômetro de tensão sexual entre eles explode na pequena sala de aula, o que não é bom pra nenhum dos dois.


O olhar dele se voltou para ela. Sua boca, contraída, formava uma linha fina, quase desafiando-o a enfrentá-la. O jogo começou.

Vocês não acham que o Carter entrou no curso de literatura da Srta. Lane só pela pura sede de conhecimento né? Só que não. Infelizmente eu não sei direito como funciona o sistema (penal?), mas dependendo do motivo pelo qual você está preso, o nível de ameaça que você representa à sociedade e o seu comportamento na prisão, existem coisas que você pode fazer para diminuir o seu tempo de pena ou para você sair em liberdade condicional, uma dessas opções é estudar. A aula da Kat é a última esperança do Carter de sair da prisão em liberdade condicional sem cumprir mais um ano de pena.

Quando fica claro que Carter não consegue assistir aula sem arranjar confusão com alguém da turma, Kat se oferece para lhe dar aulas particulares, com um policial lá vigiando, ô mente suja essa de vocês haha, é óbvio que longe de vários olhares fica bem mais fácil deles se conhecerem melhor. Kat se surpreende quando descobre que Carter é super inteligente e não é bem o bad boy que ele aparenta ser, ela fica cada vez mais curiosa com o passado misterioso dele. Com o passar do tempo a atração entre eles só aumenta, mas com a política que proíbe relacionamentos entre funcionários e presos eles não têm muitas opções a não ser esconder esses sentimentos um do outro e de todos.

- Tichborne nasceu em Southampton, Inglaterra, em 1558 - começou ele. - Em 1586, participou da Conspiração Babington, para assassinar a rainha Elizabeth e substituí-la pela católica Maria da Escócia. Mas eles se ferraram. Ele foi preso e, em seguida, enforcado, afogado e esquartejado.
Contendo o riso perante o choque dela, continuou:
- Este poema foi o único que ele escreveu enquanto aguardava sua execução. Meio inapropriado para se estudar em uma prisão, não acha, Srta. Lane?
-Você gosta de história.

Ahhh romances proibidos, quem não gosta de ler um de vez em quando, não é? :) Eu gostei bastante do desenvolvimento e evolução do relacionamento da Kat e do Carter, aqueeeele amor intenso e constante, eles têm alguns obstáculos pela frente que vão bem além das repercussões do fato deles serem aluno e professora, tipo o fato do Carter estar ciente que a sociedade sempre vai enxergar o fato dele ser um ex-preso antes de qualquer outra coisa, e vários segredos do passado e do presente que vão bater à porta deles sempre que a gente acha que vai ficar tudo bem.

A primeira metade do livro é uma montanha-russa, os personagens são ótimos e a narrativa nos faz ficar atentos ao que vai acontecer, é tudo bem intenso. Já na segunda parte do livro eu senti falta dessa tensão, confesso que pulei algumas páginas porque não via mais um grande conflito principal, por isso acho que o livro deixou a desejar e dei 3,5 estrelas. Eu sei, eu adoro um romance calmo, fofo e engraçado e devia estar feliz da vida, mas quando o livro te leva num ritmo mais carregado, você não espera que ele desacelere bem antes do final, certo? Eu estava esperando algumas coisas que acabaram não acontecendo, como um pouco mais sobre como era a vida do Carter na prisão e de como é dar aula nesse ambiente diferente, por exemplo, mas nada que torne o livro ruim, pelo contrário, acho que muita gente vai gostar, eita que tá difícil de explicar hoje hein Nanda? :p

- Carter - sussurrou ela de novo, em uma tentativa final de parar o que ela sabia, em seu coração, que era inevitável. - Não podemos fazer isso.
- Eu sei - respondeu ele, segurando o rosto dela.
E, então, os lábios dele pressionaram os dela.
Ah, Deus.
Ela estava beijando seu aluno.

Recomendo Desejo Proibido pra todos que curtem um história de amor e redenção com uma vibe erótica, bem romântica e com um pouco dessa tensão de querer aquilo que não poooode hahaha. E vocês, já conheciam a fanfic? É só me contar nos comentários. Quem tem vontade de ler, o blog está sorteando esse livro, clique aqui e participe até o dia 23/01 ;)


Desejo Proibido
Título Original: A Pound of Flesh
Autora: Sophie Jackson
Ano: 2015
Páginas: 416
Idioma: Português 
Editora: Arqueiro
Skoob - Submarino

Agora dia 11/01 a Editora Arqueiro lança Eternamente Você em formato de e-book, que é um conto que se passa entre Desejo Proibido e o próximo livro da série que será protagonizado por outro casal, assim a gente pode ler um pouco mais sobre a Kat e o Carter, a melhor parte é que ele é gratuito :) 


4 comentários:

  1. Oi Fernanda,
    Eu amo romances, mas quando tem essas capas eu sempre fico com medo de ser muito exagerado, sabe? E eu não conhecia a fanfic não.
    Vou deixar anotado, quem sabe eu não o leia? Obrigada pela dica.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá Fernanda, eu li Desejo Proibido e confesso que eu esperava algo e na verdade não era bem aquilo, não achei o livro ruim, mas esperava mais. Como você esperava mais da vida de Carter na prisão, e achei o mundo muito pequeno nesse livro, todo mundo se conhecia MEU DEUS hahahaha... E menina não sabia que esse livro era fanfic e de Crepúsculo ainda, que loucura. Estou super curiosa para saber quem é o casal do próximo livro, dou um palpite no amigo problemático de Carter, será?!

    Beijos
    Dani Cruz
    blog-emcomum.blogspot.com.br
    Twitter - @blogemcomum / Insta - @blogemcomum / Fanpage Em Comum

    ResponderExcluir
  3. Interessante! Gente "Crepúsculo" não para de inspirar histórias hots néh!??! Era bom que a própria autora entrasse na onda também, se inspirasse e escrevesse uma história nova também kkkk Adorei o enredo dessa história, deu até vontade de ler. Quem sabe?

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. De fato eu nunca me interessei muito por livros com essa temática, mas esse está sendo um dos únicos que eu sinto realmente vontade de ler, que realmente me interessa. Acho que a minha lista de livros vai aumentar esse ano drasticamente. Adorei o seu blog, já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita! Eu respondo por aqui mesmo ou pode deixar o link do seu blog que eu visito você :) Espero que você volte logo! Nanda ;)