[Resenha]: O Conde Enfeitiçado - Julia Quinn

26 novembro 2015

Sinopse: Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.
Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos – a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.
Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.
No sexto livro da série Os Bridgertons, Julia Quinn mostra, em sua já consagrada escrita cheia de delicadezas, que a vida sempre nos reserva um final feliz. Basta que estejamos atentos para enxergá-lo.


Heeeey! Estou de volta, mas não vou dizer que voltei de vez porque sou a pessoa mais enrolada desse mundo, sorry. Hoje eu venho falar da minha diva máster Julia Quinn, ou melhor, do livro O Conde Enfeitiçado que vem a ser o 6° livro da série Os Bridgertons.

Bem, sou suspeita a falar sobre porque como falei sou apaixonada por Julia Quinn e consequentemente pela série Os Bridgertons, mas vou confessar que me senti um pouco frustrada com a história por motivos de: esperava mais. Sim. Nunca imaginei que diria isso, mas acho que ficou faltando algo para que a história de Francesca fosse A HISTÓRIA.

PS: JULIA QUIN, DIVA, PELO AMOR DE DEUS, NUNCA TE PEDI NADA! NÃO FICA COM RAIVA DA MINHA PESSOA PELO O QUE EU DISSE AÍ EM CIMA!!!!! TE AMO RAINHA! ♥

Então, vamos ao que interessa! O livro conta a história de Francesca Bridgerton, ou melhor, condessa Francesca Kilmartin, viúva do conde John Kilmartin após dois anos de casamento. “Mas Paola, como assim? O livro conta a história dela antes de ficar viúva?!” Relaxa aí galera, porque a história só começa mesmo depois que John Kilmartin morre e por não ter deixado nenhum herdeiro seu então amado, adorado e praticamente irmão Michael Stirling herda o título de Conde Kilmartin. 

Michael (em minha opinião é o personagem mais legal e o salvador da história, sim, eu esperava bem mais de Francesca, mas não deu.), vê sua vida mudar e mais do que isso se vê assumindo a vida do primo e seu maior medo e culpa é desejar e amar Francesca. A primeira mudança de sua vida deu-se graças a Francesca, já que o mesmo se apaixona por ela assim que a vê, mas por ser um fruto proibido para ele, Michael aceita ser apenas um bom e divertido amigo, o que na verdade é um tormento para si.

“- Eu estou sempre observando você – respondeu ele, com uma expressão soturna.”

Durante o período em que John era vivo, Michael faz de tudo para esquecer-se de Francesca nos braços de outras mulheres, se tornando um exímio libertino, e o melhor amigo cafajeste que uma garota pode ter. Entretanto, com a morte do primo e o pavor de estar vivendo outra vida o leva para longe de Francesca e direto para a Índia por um período de quatro anos.


“Jamais escaparia daquela mulher. E jamais poderia tê-la.”

Após quatro anos morando na Índia é hora de voltar e enfrentar seus passados, ainda contra gosto, e enfrentar Francesca e sua mágoa por ter sido abandonada por seu melhor amigo na hora que mais precisou dele, enfrentar seus medos, suas barreiras e principalmente o amor que ainda sente pela viúva, até que este quadro mude, Condessa de Kilmartin. E é a partir de então que a história cresce e toma um rumo, já que os personagens crescem, deixam de serem apenas personagens e passam a viver e sentir, há brigas, medos, romance.

"Em toda vida ocorre um momento decisivo. Um instante tão extraordinário, tão claro e tão nítido que temos a sensação de havermos sido golpeados no peito, deixados sem fôlego, sabendo, sabendo, sem a menor sombra de dúvida, que nossa vida jamais será a mesma."

A história é encantadora e eu recomendo a quem têm curiosidade de conhecer Julia Quinn e a série Os Bridgertons. Agora algumas curiosidades: 

- Para quem gosta é que o livro é narrado em terceira pessoa e sempre alternando entre Francesca e Michael; 

-Michael é o melhor personagem e você vai se apaixonar no primeiro capítulo; 

-Você provavelmente vai comparar Michael com algum amigo cafajeste; 

-Você vai ficar ansiosa para o romance entre os personagens; 

-Quando o livro acabar você vai querer mais e consequentemente matar Julia Quinn; 

-Se for como eu, com toda a certeza vai achar algumas atitudes de Francesca irritantes e ainda assim amá-la.

"Em algum lugar, nos recantos mais nebuloso de sua mente, Francesca sabia que aquilo era errado, que era mais do que errado: era insano. Mas não conseguiria ter se movido nem se as labaredas do inferno estivessem lambendo os seus pés."

Bom, é isso! Eu espero saber o que acharam da resenha, da história, se já leram o livro e gostaram, se ficaram curiosos.. Contem-me tudo e não me escondam nada! Falem-me tudo aqui embaixo e até o próximo post! 
O Conde Enfeitiçado
Título Original: When He Was Wicked
Ano: 2015
Páginas: 304
Idioma: Português 
Editora: Arqueiro

6 comentários:

  1. Hey!

    Eu passei o olho bem de leve na resenha, para não ter a chance de receber nenhum spoiler! Hahahaha! Eu amo os livros da Julia e estou louca para ler essa belezura! cabei de comprar e espero ler ainda esse ano!

    Um beijo,

    http://tordodemorango.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha,tentei me conter nos spoilers, mas as vezes não dá, mas acredito que essa seja a minha resenha com menos spoiler. Quando ler e conte o que achou, venha trocar figurinhas comigo Midian.
      Fico no aguardo, xoxo

      Excluir
  2. Como eu AMO Julia Quinn!
    Esse é o único que ainda não li, minha amiga conseguiu um autógrafo para mim e eu preciso pegar... aiiiii que resenha! Eu preciso ler!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou da no há resenha Alessandra, tentei por o máximo do que achei e senti. Confesso que estou com uma invejinha branca do seu autógrafo hahaha.
      Volte para me dizer o que achou da história, xoxo

      Excluir
  3. Eu fiquei doida para pegar meu kobo e comprar logo esse livro pelo amor de Deus, amo a Julia, estou devendo a mim mesma ler os dois últimos livros da série dos Bridgertons. Acho que me darei o e-books de presente de natal!

    Ah, sua resenha ficou perfeita. Me fez sentir seu amor pela autora. Embora a Julia não seja a minha diva, Lisa Kleypas é minha DIVA, RAINHA, eu gosto muito dela. <3

    Pandora
    O que tem na nossa estante


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POR FAVOR SE DÊ EBOOKS DE NATAL! SE DÊ JULIAN QUINN!!! Hahahaha.
      É tão gostoso saber que tem alguém lendo minhas resenhas e gostando, obrigada Pandora.
      Lisa Kleypas é a segunda no minha lista de divas dos romances de época. Volte sempre aqui no blog e nos diga o que achou, xoxo

      Excluir

Muito obrigada pela visita! Eu respondo por aqui mesmo ou pode deixar o link do seu blog que eu visito você :) Espero que você volte logo! Nanda ;)