[RESENHA] Sempre - J.M. Darhower (Forever # 1)

14 julho 2015


Sinopse: Esta é uma história sobre sacrifícios, liberdade e amor...
Haven Antonelli e Carmine DeMarco cresceram em mundos completamente diferentes. Haven é uma adolescente de 17 anos que nunca conheceu a liberdade. Desde a infância, ela e sua mãe são escravas, vítimas de uma rede de tráfico humano. Carmine, nascido em uma família rica da máfia, viveu uma vida de privilégios e excessos.
Agora, uma reviravolta do destino faz que seus caminhos se cruzem. Apesar das diferenças aparentes, algo mais sutil os une. E da tênue amizade entre os dois floresce uma paixão inesperada e arrebatadora.
Enredados numa teia de segredos e mentiras, em que o poder e o dinheiro ditam o jogo, o jovem casal logo percebe que é preciso se sacrificar para conquistar a liberdade e o direito ao amor...

Hey, gente! Eu voltei, êeeeeeeeeeh! Andei mega sumida, mesmo prometendo não fazer isso, mas estava de ressaca. Sim, ressaca literária, e o motivo disso tudo é esse livro maravilhoso que vou resenhar hoje. 

Sempre é simplesmente um new adult incrível, e se você está achando que vamos ter muitas cenas de sexo ao logo do livro, sinto muito te informar, mas isso não vai acontecer; esse new adult retrata de coisas muitos sérias e que nós tentamos ignorar dia após dia. Essa é uma história que te faz mergulhar na vida dos personagens, ao ponto de você sentir os medos, as dores e falta de liberdade.

“Colpo di fulmine. O raio, como os italianos chamam. Quando o amor por alguém te atinge como um relâmpago, tão poderoso e intenso que não pode ser negado. É bonito e confuso,abre o seu peito de forma que sua alma também fica exposta. Muda uma pessoa de dentro para fora, e não há como voltar atrás. Uma vez que o raio o acerta, sua vida muda completamente.”

Está sendo muito difícil eu falar dessa história que roubou meu ar, meu coração há uns bons anos – para quem não sabe Sempre era uma fanfic americana sobre o universo crepúsculo, intitulada de Emancipation Proclamation, mas que do universo Crepúsculo a autora, que é um amor, diga-se de passagem, só utilizou os nomes dos personagens -, assim eu demorei séculos para tomar coragem e resenhar porque o medo de não conseguir expressar cada emoção que senti ao ler, ou melhor, reler, essa história.

“Vá em frente enquanto você pode. Eu sei que você tem isso em você. E eu não posso prometer que você vai ter tudo que você quer, mas eu posso prometer nada vai mudar se você não tentar.”

Bom, chega de enrolar e vamos ao que interessa! Antes de tudo aqui vai algumas informações antes de eu começar de fato a falar da história. Sempre é narrada em terceira pessoa e pelo ponto de vista de três personagens: Haven, Carmine e Dr. De Marco (pai de Carmine), pontos de vistas não só importantes, mas determinantes e reveladores para o desenrolar da história. O livro retrata um tema pesado, porém há pitadas de humor e há romance. É uma história que te prende não apenas pelo tema, romaces e sua pitada de humor, essa é uma história cheia de mistérios que te prendem a cada parágrafo, página, capíutlo. Carmine é meu personagem favorito, por motivos de ser bad boy, italiano, desbocado e ainda assim conseguir sem um amor em momentos que ele nem imagina. Haven é a mocinha mais corajosa que eu conheço, ainda que ela não se veja assim e em alguns momentos te dê vontade de gritar “HAVEN, REAJA!”. Outra coisa importante, Sempre apesar de continuação e duas Novelas, que se encontram de graça na Amazon, não é uma série.

“Você tem alguma ideia de como você é importante para mim? Eu estou me encontrando novamente, por sua causa. Eu nunca pensei que isso iria acontecer.”

Agora, sim vamos lá! Como eu disse no terceiro parágrafo, eu li essa história quando ainda era uma fanfic há mais ou menos uns três anos e foi amor ao primeiro capítulo já que a história retrata tudo aquilo que eu mais amo estudar: máfia, política, direitos humanos. Sim, essa é uma história que retrata temas que apesar de ser bastante conhecido e até mesmo um pouco fictício, graças ao nosso amado “O Poderoso Chefão”, a mesma retrata uma realidade que para muitos é uma irrealidade, entretanto essa é uma realidade mais próxima do que imaginamos.

Como a sinopse diz Haven Antonille é uma garota de 17 anos que nunca experimentou a liberdade, já que ela e sua mãe são escravas – sim, essa é uma história que retrata escravidão em pleno século XXI, vítimas do tão conhecido, mas não tão falado tráfico humano. Carmine De Marco, é o típico garoto americano rico, mas com algumas características a mais como: beleza italiana, privilégios em excessos e o príncipe da máfia La Famiglia. Agora é o momento em que você me vira e diz: “Ah Paola, já entendi que teremos um clichê aqui!”, porém sinto muito te informar que essa história é tudo, mas menos clichê. Essa não é uma história baseada no romance, essa é uma história que retrata pessoas sem nenhum tipo de liberdade, pessoas com marcas, feridas. Pessoas que muitas vezes nos levarão a pensar que existem milhares ao redor do mundo passando pelos mesmos problemas vivendo essa realidade; pessoas que podem ser qualquer um de nós.

“Você foi trazida para mim por um motivo, para salvarmos um ao outro. Porque você não era a única que precisava ser salva, Haven. Eu estava me afogando e você me resgatou.”

Eu poderia focar no romance entre Haven e Carmine, pois a sinopse é bem clara ao dizer que em algum momento o destino de ambos irá se cruzar nascendo ali uma amizade, uma paixão, confiança e o amor, porém essa história vai além de tudo isso. Essa uma história que fala de pessoas tentando se encontrar, ir em busca de liberdade. Uma história que retrata a política e sua justiça, já que nos faz pensar a cada capítulo debaixo de qual política e justiça vivemos as dos governantes e poderosos representantes mundiais com suas leis e regras, ou as do submundo? O que dita nossa sociedade, ou melhor, aquela sociedade que sabemos que existe e fazemos questão de fingir não saber que existe por medo? Essa é uma história que retrata os valores da vida humana que para muitos e às vezes até para nós mesmos ela não é nada. Essa é uma história que retrata amor além dos limites, um amor que nos faz suspirar e pensar se teríamos a mesma força pra lutar por nós e pelo nosso dia após dia. Essa é uma história de força, medo, garra, paixão, tráfico, máfias, direitos humanos.. Essa é uma história que nos faz pensar que em alguma realidade é de uma Haven, Paola, Carla, Barbara, Jessica.. É uma história que poderia ter sido minha, sua.

“Uma vez que se ama, se ama para sempre. Não se pode evitar.”

É por esses pequenos detalhes que eu me apeguei tanto à história. É por pequenos detalhes que demorei a resenhar, apesar de ter lido há dois meses. É por esses pequenos detalhes que recomendo a história com tanto amor, gratidão, paixão. É por esses pequenos detalhes que vejo que nada do que eu escrevi fora suficiente para descrever o que é Sempre

Bem aqui embaixo vou deixar alguns detalhes sobre minha reação durante a leitura assim como as páginas do livro, da autora e as imagens da capa original e de sua continuação. 

Algumas informações sobre o que aconteceu durante a minha leitura:

  1. Eu perturbei todos os dias Daniele e Nanda com meus surtos; 
  2. Estranhei durantes os primeiros minutos a narração em terceira pessoa já que na fic não foi assim; 
  3. Senti falta de alguns detalhes da fic, porém a falta deste não modificou a história; 
  4. Cada vez que olhava para o meu livro desejava a capa original; 
  5. Enrolei horrores para terminar de ler porque não queria chegar ao final; 
  6. Demorei uma semana e meia para ter coragem de ler as ultimas cinquenta páginas do livro; 
  7. Fotografei durante minha leitura mais ou menos uns 100 quotes;
  8. Terminei o livro sem reação, ansiosa para a continuação e por fim decidi chorar no grupo do blog por querer logo a continuação.
Capas Originais:


1- Sempre (2012)
Amo a capa original, mas infelizmente essa não seria uma capa bem vista no Brasil então a editora precisou mudar; não morro de paixão pela capa nacional, mas achei a mesma aceitável.


2- Redemption (2013)


3 - Made - Sempre Novel (2014)


4 - Friends & Forever – Sempre Novel (2014)

Páginas na web: 




Título: Sempre
Título original: Sempre
Autor: J.M.Darhower
Tradução: SallyTilelli
Ano: 2015
N° de Páginas: 544
Editora: Universo dos Livros

Espero que vocês tenham gostado da resenha e que eu tenha conseguido passar ao menos um pouco do que eu sinto por essa história. Aguardo ansiosa pelos comentários, quero muito saber se já leram, o que acharam, se pretendem ler.. Contem-me tudo e não me escondam nada! 

Até o próximo post, xoxo

18 comentários:

  1. Oi, meninas!
    Estou bem curiosa para ler esse livro, ele é bem diferente do que imaginava, mas a trama para ser incrível. Já vi alguns comentários positivos e em breve quero ler e conferir a história. Adorei a resenha apaixonada! :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa! Eu super recomendo a história, mas eu sou suspeita, rs. Acredito que você vai se apaixonar tanto quanto eu por Sempre, assim que ler me diga o que achou.
      Obrigada pelo comentário, xoxo

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Olá, Paola. Nossa, pelo jeito o livro arrasou mesmo com você, hein. Fiquei muito interessada pela história e já o baixei em meu tablet para lê-lo. Espero gostar tanto igual a você!
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato essa história me arrebatou de n maneiras. Espero que você goste de volte aqui para me dizer o que achou.
      Obrigada por seu comentário, fico feliz que a resenha tenha conseguido Passat um pouco do que senti.
      Xoxo

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Nossa, o livro parece ser incrível, o assunto abordado por ele é super pertinente e interessante, só lendo sua resenha fiquei curiosa para conhecer melhor a obra. Ainda mais depois de sua opinião tão positiva.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que minha resenha tenha te instigado a ler a história, confesso que foi difícil passar um pouco da mesma e o que senti ao ler. Espero que você se apaixone tanto quanto eu e que me diga onque achou assim que ler.
      Obrigada por seu comentário, xoxo

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  5. Oi Fê ♥
    Tu é lacradora com essas resenhas heim?!
    Eu amei a história, e já quero pra mim (mas preciso de dinheiro primeiro hahaha)

    Beijos!
    www.naoleia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, obrigada! Fico feliz que tenha gostado da resenha, já que foi difícil ei escrevê-la.
      Sim, Sempre é carinho, mas consegui comprá-lo em um promoção no site das lojas americanas e ele saiu por R$23,00 (!!!!). Por isso fique de olho e não perca a fé, rs.
      Xoxo

      Excluir
  6. Gostei muito de como conduziu sua resenha pra falar sobre suas reações durante a leitura do livro e as reflexões que ele traz. A narrativa traz assuntos realmente interessantes e pertinentes.

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jeniffer! Que bom que você gostou, fico tão feliz com essas respostas positivas. Espero que você venha a gostar de Sempre tanto quanto eu.
      Xoxo

      Excluir
  7. Paola na sua resenha você disse exatamente o que senti lendo esse livro. xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Thalita!Fico feliz por isso, porque confesso que essa foi uma das resenhas mais difícil que eu fiz.
      xoxo

      Excluir

Muito obrigada pela visita! Eu respondo por aqui mesmo ou pode deixar o link do seu blog que eu visito você :) Espero que você volte logo! Nanda ;)