Resenha: Na Sua Pele de Jay Crownover @VREditorasBR

03 maio 2015

Sinopse: Quando o tatuador Rule Archer passa, todos os olhares se voltam para ele. O cara é alto, tem o corpo todo desenhado e penetrantes olhos azuis capazes de fazer qualquer garota suspirar. Rule não segue regras. Rule não namora. Ele é do tipo que passa cada noite com uma mulher diferente... um perfeito bad boy. A estudante de medicina Shaw Landon é linda, rica e estudiosa. Ela sempre segue as regras. É o tipo de garota que namora alguém escolhido pelos pais. Mas não é isso o que ela quer. Tudo o que Shaw sempre deseja e sempre desejou é ter Rule Archer. Apesar de se conhecerem há muito tempo, o bad boy nunca havia reparado naquela menina perfeita. Quase ninguém poderia imaginar que os dois formariam um casal. Rule e Shaw são opostos perfeitos. E um relacionamento entre os dois tem tudo para ser explosivo. Na sua pele vai enlouquecer você. Uma história de amor improvável, muitas reviravoltas e cenas picantes. Esse livro marcará você como nenhum outro.

Oi pessoal! Fiquei muito feliz quando vi que a V&R Editoras trouxe essa série pro Brasil, e logo que eu vi a capa no Twitter, eu corri logo pra cá escrever essa resenha pra vocês. A série Homens Marcados da Jay Crownover tem 6 livros, o último livro foi publicado dia 21 do mês passado e eu já estava com saudades da série, mas com o lançamento de Na Sua Pele em português, eu arranjei uma desculpa pra começar a ler tudo de novo haha.


Rule Archer é a ovelha negra da família, explosivo e arrogante. Ele nunca é visto com a mesma mulher, é todo tatuado, cheio de piercings e troca a cor do cabelo toda hora. Já tá visualizando aquele famoso rebelde sem causa? Pois é, só que ele tem causa sim, mais ou menos. Ele tem um relacionamento super conturbado com os pais dele, de partir o coração, e as coisas só pioram depois da morte trágica de Remy, o irmão gêmeo de Rule, há três anos. Durante muito tempo Rule é frio e inacessível, até que as coisas mudam.

Sim, o motivo dessa mudança, ou pelo menos do começo dela é uma garota. Shaw Landon também não tem um bom relacionamento com os pais, eles são ricos e exigem um comportamento exemplar da única filha. Ela é comportada, obediente e uma estudante nota 10. Remy era seu melhor amigo, e depois da sua morte ela acaba se tornando a cola que une a família Archer, que a acolheu desde criança. Por isso que ela sempre vai buscar Rule em casa todos os domingos e o leva para comer na casa dos pais dele, determinada a tentar salvar qualquer tipo de relacionamento entre eles. 

Como é dito na sinopse, Rule e Shaw não podiam ser mais opostos. Eles estão presentes na vida um do outro desde a adolescência, e embora Shaw tenha uma quedinha por Rule desde sempre (tá, não é uma simples quedinha hehe), o relacionamento entre eles nunca foi dos melhores...

-Você tem vinte e dois anos, Rule. Quando você vai parar de agir como um adolescente despreocupado? (...)
-Você tem dezenove anos, Shaw (...) A minha avó de oitenta e dois anos de idade tem um calendário social maior que o seu, e eu acho que ela é menos tensa. (...)
-Ah, talvez eu devesse apenas tingir meu cabelo de rosa, tatuar toda superfície visível do meu corpo, enfiar um monte de metal na minha cara, e dormir com tudo o que se move. Não é essa a sua filosofia sobre como viver uma vida rica e gratificante?

Um belo dia, ou melhor, noite, as coisas entre eles mudam. Rule passa a enxergar Shaw com outros olhos, e a partir daí nós acompanhamos um novo relacionamento entre esse casal improvável. Claro, vão rolar várias dificuldades: problemas com ambas as famílias, segredos, mentiras, um ex maluco, e não vamos esquecer os problemas entre eles! 

-Você tem que prometer que não vai me largar quando eu me perder, Shaw. Você tem que prometer apenas esperar até que eu possa encontrar o meu caminho de volta. Eu preciso saber que você está no fim do túnel quando tudo ficar escuro.

Vou confessar pra vocês que quando eu li esse livro pela primeira vez, eu não gostei muito, algumas atitudes dos personagens me deram nos nervos. Só que a narrativa não me deixou largar o livro, Rule e Shaw são personagens interessantes e muito cativantes, daí eu fui até o final, comecei a gostar e resolvi acompanhar a série ;) Conforme eu fui lendo os outros livros, eles acabaram se tornando o meu casal favorito♥ 

Se você lê bastante livros do gênero New Adult, a trama bad boy e good girl que se apaixonam não é mais novidade, eu sei, mas a escrita da autora realmente me prendeu desde o começo, a trama é boa e eu fiquei com vontade de saber como a estória do Rule e da Shaw ia terminar. Quando eu li Na Sua Pele pela segunda vez, eu adorei ver eles dois construindo e cuidando do relacionamento deles. Os personagens secundários também são maravilhosos, você vai se conectar e querer saber de quem será o próximo livro. É uma leitura divertida e sexy, mas que também tem vários momentos intensos e super românticos. Recomendo! 


Na Sua Pele
Título Original: Rule
Autora: Jay Crownover
Editora: Vergara & Riba 
Ano de publicação: 2015
Número de páginas: 328

3 comentários:

  1. Oi Fe! Faz tempo que espero este livro chegar aqui, não vejo a hora de ler e conferir esta história, amo livros do gênero e a receita bad boy e good girl sempre me agrada.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oi, Fê!
    Quero ler esse livro imediatamente! Não o conhecia e nem sabia que foi publicado no Brasil, mas fiquei bastante curioso. Adoro NA e não me importo com os clichês; não mesmo! Hehe
    Adorei sua resenha e espero fazer a leitura muito em breve.
    Adoro sua resenhas e saber sua opinião, Fê!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oii Nanda!
    Não conhecia o livro, mas acho que iria gostar de ler entre uma leitura e outra. Parece ser daqueles que vc só consegue largar depois de devorar a história! :D

    Beeeijo,
    http://www.pitadadecultura.com/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita! Eu respondo por aqui mesmo ou pode deixar o link do seu blog que eu visito você :) Espero que você volte logo! Nanda ;)