RESENHA: Antes que eu vá – Lauren Oliver

26 maio 2015

Não disse que eu voltei? E voltei pra ficar! Hoje venho com a história que me faz suspirar até hoje, e não migos, não é Crepúsculo, apesar de eu às vezes, ou todos os dias, sonhar com um Edward Cullen na minha vida, pode ser um Jacob também... Divaguei, fui longe, mas voltando ao assunto.Tem romance, tem suspense, tem viagem e tem muita reflexão. Agora chega de falar e vamos com tudo na resenha!

Sinopse: Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento.
Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.
...
Em uma noite chuvosa de fevereiro, Sam é morta em um acidente de carro horrível. Mas em vez de se ver em um túnel de luz, ela acorda na sua própria cama, na manhã do mesmo dia. Forçada a viver com os mesmos eventos ela se esforça para alterar o resultado, mas acorda novamente no dia do acidente.
O que se segue é a história de uma menina que ao longo dos dias, descobre através de insights desoladores, as consequências de cada ação dela. Uma menina que morreu jovem, mas no processo aprende a viver. E que se apaixona um pouco tarde demais.

Definitivamente este livro está na minha lista de livros do coração! Esse livro me fez dar uma volta de 360º, quase roer minhas unhas, quase, e chorar horrores pra sempre. É um dos livros mais bem escritos e olha, tenho que bater palmas para Lauren Oliver, porque não é qualquer um que consegue desenvolver tão bem uma história + escrever perfeitamente + envolver os leitores nela + destruí-los. Mas simbora falar mais sobre o livro meu povo e minha pova! 

Samantha Kingston tinha tudo o que uma típica garota americana, e de todo o mundo, deseja: popularidade, beleza, melhores amigas – Ally, Ellody e Lindsay- e um namorado – Rob –, lindo, cobiçado, incrível e todo dela. E então, é dia dos namorados, Samantha está empolgada com todos os recados e rosas que vai ganhar e com isso provará ainda mais o quão popular é, mas tudo muda.

“Você acha que eu estava sendo tola? Ingênua? Tente não me julgar. Lembre-se que somos iguais; eu e você.”

O dia dos namorados tinha tudo pra ser perfeito, afinal sua popularidade estaria em alta, uma festa incrível a noite, na casa do seu ex-melhor amigo de infância Kent, para curtir com as amigas e o dia em que perderia sua virgindade com o namorado, mas o dia e a festa que seria o ápice de felicidade da vida de Sam é nada mais que devastador. Sam e suas amigas sofrem um acidente de carro e uma delas morre, ou melhor, Sam morre aí a história de fato começa.

“Eis outra coisa a se lembrar: a esperança o mantém vivo. Mesmo quando você está morto, é a única coisa que o mantém vivo.”

O livro é divido em sete capítulos, onde nestes sete capítulos acompanhamos Sam morrer e reviver a sua morte sete vezes. Sim, cada capítulo é Sam revivendo sua morte, alterando o futuro, e entendendo que o destino ou alguém lá encima resolveu lhe dar uma nova chance de fazer as coisas melhores, já que a mesma nada mais era aquele tipo de pessoa tão ruim, insuportável, uma verdadeira bitch – aquele tipo de pessoa que desperta em você a desejo de esfregar a cara do ser no asfalto quente, pelo menos isso sempre acontece comigo. Durante os sete dias que revive sua morte, Sam altera o rumo dos acontecimentos ao deixar seu egoísmo e egocentrismo de lado ajudando e salvando a vida da pessoa que ela perturbou durante toda uma vida e alterando rumos.

“-Você sente alguma vez medo de dormir? Medo do que vem depois? – perguntou. 
-Às vezes tenho medo do que estou deixando para trás – ele respondeu.”

Cada capítulo, página e ponto é um soco por motivos de: cara, eu tenho um pouco de Sam e suas amigas dentro de mim! Isso é chocante eu sei, mas é possível se reconhecer em alguns pontos e perceber que podemos mudar tudo, alterar a nossa história e a de outras pessoas ao nos redimir, perdoar e pedir perdão, ao mudar nosso jeito de falar, andar e tratar as pessoas. Sem contar que a história retrata o bullying, que já foi tema de um livro inspirador e maravilhoso que vocês podem conferir a resenha aqui.

Então é isso! Hoje eu vou ficando por aqui e espero que vocês tenham gostado e que me digam algo sobre os livros, resenha, se já leram algum deles, se desejam ler... Eu juro não sumir de novo okay?! Mas agradeceria se alguém fosse até meus professores e pedisse pra eles irem mais devagar, hahaha. 
xoxo


Antes que eu vá
Título Original: Before I Fall
Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Páginas: 358
Lançamento: 2011


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita! Eu respondo por aqui mesmo ou pode deixar o link do seu blog que eu visito você :) Espero que você volte logo! Nanda ;)