Resenha: Procura-se um Marido da Carina Rissi, Editora Verus

23 dezembro 2012

Sinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou. Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.

Pois é gente, o mundo não acabou, haha sinal de que eu ainda tenho que entregar todos os meus trabalhos dia 07/01, e o blog continua! quero pedir desculpas à todos pela minha ausência, mas agora com as minhas mini-férias eu vou tentar postar bastante pra compensar :) Eu já li esse livro faz quase um mês agora, e não sei vocês, mas eu tenho muita dificuldade de escrever sobre algo que eu gosto muuuuito, porque eu quero que fique perfeito, por isso eu demorei tanto, e ainda não sei se vai ficar bom...mas vamos lá, Procura-se um MaridoLindo lindo, um dos melhores do ano com certeza!

Alicia é neta do seu Narciso - ou vô Narciso, para os leitores que se apaixonaram muito por ele :) meu personagem favorito- que é um empresário super bem sucedido, um dos homens mais ricos do mundo, como já saiu na revista Forbes, e com o maior coração, ele cuida da Alicia desde a morte de seus pais, quando ela tinha só 5 anos. Ele é tudo o que a Alicia tem, avô, pai, mãe, amigo e eles têm um relacionamento lindo. Como nem tudo é perfeito, Alicia é super mimada e imatura, sempre aproveitou tudo o que o dinheiro do seu avô lhe proporcionou, viagens pelo mundo, baladas, um carro lindo - lindão mesmo, morri de inveja - ela curte a vida e nunca pensa nas consequências dos seus atos.

"– Eu não fui presa em todos os cantos do planeta! – reclamei ofendida. – Só aquela vez em Amsterdã... e aquela na Tunísia. E... uma na Bulgária. Mas foi tudo um mal entendido. Como eu ia saber que não podia chamar o policial de filho da puta fascista?" Página 77



Devido a um aneurisma, o seu Narciso morre. Assim, Alicia descobre o testamento que ele preparou, um modo - peculiar - de cuidar da sua neta mesmo após a sua partida. Ela só pode tomar posse da sua herança após 1 ano de casada, enquanto ela estiver solteira, ela tem direito a um emprego vitalício em uma das empresas de seu avô, começando como auxiliar de secretária! Com um salário nada parecido com a mesada com a qual está acostumada, ela se vê obrigada a pensar em como vai gastar o seu dinheiro, em contas pra pagar, teve que vender o seu carro e aprender a andar de ônibus! (uma das cenas mais engraçadas, se não for a cena mais engraçada do livro, é da Alicia pegando ônibus pela primeira vez, hi-lá-rio!)

“- Você ainda está chateada por causa do carro? – Mari quis saber.
- Um pouco. Ontem, quando fechei negócio, eu pensei em voltar atrás, mas fiquei com medo de ser presa. Imagino que cadeia no Brasil seja ainda pior que ônibus. Pelo menos estou tentando me convencer disso.” Página 110

Situações desesperadas pedem medidas desesperadas, e ela tem a idéia brilhante de colocar um anúncio nos classificados, procurando o quê?! Um marido, é claro, a única forma de ela voltar à sua vida normal, sem ter que tirar cópias de mais nada, sem ter ninguém dizendo a ela o que fazer, sem ter a antipatia gratuita de cada um dos seus queridos colegas de trabalho... é alugando um marido.


"- Hã? - perguntei.
- Meu nome é Max.
- Max? Tipo Vem aqui, Max? - provoquei.
Ele pareceu constrangido.
- Não. Diminutivo de Maximus.
Fiquei surpresa. Era um nome bastante incomum e muito, muito sugestivo para aquele homem enorme, com - pelo menos ao que parecia, não que eu tivesse reparado nem nada disso - músculos definidos na medida certa, como os de um nadador.
- É a sua cara." Páginas 52 e 53

O único candidato que respondeu ao anúncio da Alicia e que possui um nível de loucura aceitável é o perfeito do Max, um executivo que trabalha na mesma empresa que Alicia trabalha agora, o último lugar onde ela deveria procurar um marido! Se alguém descobrir que ela não está planejando se casar de verdade, ela perde toda a sua herança. Já dá pra começar a imaginar o tipo de confusão que ela cria e que ela se mete por onde passa né?! 

"- O que tem de errado comigo? – inquiri, ofendida.
O portão da garagem subterrânea começou a subir.
- Você me perturba – ele resmungou, olhando fixamente para frente." Página 204


E ela não faz isso tudo sozinha não, quase sempre tem o apoio e os conselhos da sua melhor amiga, a Mari, que é uma super amiga, elas têm uma cumplicidade e uma amizade incrível, a gente torce muito por ela também :) A Alicia é como uma amiga minha, eu achei que não ia me dar bem logo de cara, porque sem querer querendo a gente julga mesmo as pessoas pela fachada, mas aí depois eu percebi que mesmo um pouco mimada e com a cabeça oca, ela tem um coração enorme e é uma das melhores amigas do mundo :D A Alicia é assim, vai te conquistando e amadurecendo aos poucos, e ela não leva mesmo desaforo pra casa, o que me rendeu boas risadas :p não leia o livro em público, as pessoas vão te achar maluca :)


"- Vanessa, tô ligando o foda-se pra você. Depois não vem reclamar...
- (...) Seus dias estão contados, meu bem.
Foi aí que tudo azedou. Levantei-me num átimo, sem poder refrear meus impulsos." Página 255

Terminei o livro em algumas horas e fiquei com o maior sorriso no rosto: lindo, leve, perfeito *.* Desde Perdida eu sou encantada com a escrita da Carina, agora ela é a minha autora nacional favorita e eu vou comprar tudo o que ela lançar, valeu muito a longa espera por Procura-se um Marido :) Foi uma delícia de ler! Romance, humor, mostra o amadurecimento, vários obstáculos que a vida nos coloca diariamente, enfim! O livro tem quase 500 páginas e podia ter muito mais que eu nem ia notar :D

Ahh Carina! O que falar do teu livro?! Tenho certeza que ainda não consegui expressar o quanto eu gostei dele :) Amei! Muito obrigada por ter escrito esse livro, eu ri muito, chorei, sofri, me emocionei com cada momento que a Alicia sentiu falta do vô Narciso. E, claro, também me apaixonei junto com a Alicia :) Se você ler esse post eu só posso te agradecer por esse chick-lit maravilhoso, o meu favorito de 2012 ^^ Ahh, eu estou no time das que querem um livro só pro lindo do Marcus :D

Procura-se Um Marido (Saraiva - Skoob)
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Categoria: Literatura Nacional/Romance
Idioma: Português
Número de Páginas: 474

Ainda precisa falar que eu recomendo?! :) E se você é louca por chick-lits, é leitura obrigatória ^^


Beijos, Nanda

10 comentários:

  1. Oi!
    Awn *-* Esse livro parece ser perfeito mesmo. Eu já ganhei o meu exemplar de presente de natal. Só me resta começar a leitura e degustar cada página.
    Parabéns pela resenha!
    Feliz Natal!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leandro! é perfeito mesmo *.* eu amei cada linha e espero que você também goste :) boa leitura!

      Excluir
  2. Ouhnn esse livro aprece muito fofo *-*
    Nossa eu também queria fazer parte da família Sullivan pq olha vou te contar que irmãos são esses *-*
    Só o Marcus já meche comigo xD
    HAUHAUAHUAhUA
    Amooor desejo a você um Feliz Natal =DD
    E tudo de bom pra vc e pra sua família também viiw !
    Bjoos sz

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernanda!
    Taí,eu gostei desse livro,a leitura deve ser prazerosa e divertida.Acho que renderia um bom filme ou até quem sabe uma série.
    Aproveito o momento e desejo um Feliz Natal!!!

    Bruno
    http://oexploradorcultural.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruno!
      Eu não sei uma série, mas acho que um filme maravilhoso e uma excelente comédia romântica eu tenho certeza :)

      Excluir
  4. Então, o livro não faz muito meu estilo, PORÉM você falou tão bem dele, que até fiquei curioso.
    Feliz Natal atardado e um ótimo ano novo, bjos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, é um dos tipos de livros que agrada em geral, não só as românticas eternas ^^

      Excluir
  5. Eu quero muito ler esse livro, toda vez que leio uma resenha dele, são todas positivas. Eu já queri aler Perdida, mas acabei não comprando e ficou esgotado. Esse parece muito engraçado, e eu adoro isso, fiquei ansiosa para conhecer o Max.
    Adorei a seleçao de quotes.

    bjks

    ResponderExcluir
  6. Oi, Nanda!!

    Que resenha maravilhosa! Amei demais! Eu é que preciso agradecer por todo esse carinho! <3
    hahahaha Eu mal posso esperar para começar a história do Marcus, esse menino vai me dar trabalho (adooooooro)!

    Beijooooooos

    Carina Rissi

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita! Eu respondo por aqui mesmo ou pode deixar o link do seu blog que eu visito você :) Espero que você volte logo! Nanda ;)