'Um Romântico Incorrigível' de Devan Sipher

09 outubro 2012

"Ele é um romântico incorrigível. E também é um romântico profissional, pois escreve uma coluna sobre casamentos para um importante jornal, cobrindo festas espetaculares de costa a costa do país. Mas há uma linha tênue entre ser um repórter bem-sucedido com uma matéria para escrever e ser um cara sozinho num sábado à noite, no casamento de um desconhecido.
Tudo muda na primeira noite do ano, quando Gavin conhece Melinda, uma jornalista de viagens com um espírito aventureiro. Mas Melinda vai embora e parece ter desaparecido sem deixar rastros. Gavin inicia então uma jornada por Nova York em busca dessa intrigante mulher. E aprende que há algo pior do que perdê-la: ter que escrever um artigo sobre o casamento dela."


Eu estou em uma maré muuuito boa com os livros que eu tenho comprado, eu escolho os lançamentos e quase sempre são boas surpresas, eu "tropecei" em 'Um Romântico Incorrigível' depois de ler 'Belo Desastre' *.* que são livros da mesma editora, eu estava procurando novidades desse mês no site da Verus, e a capa do livro me chamou atenção no mesmo instante.

Quando ele se deu conta, ele tinha um emprego como jornalista no melhor jornal dos Estados Unidos, o The Paper, onde ele afirma ter caído de pára-quedas e escreve uma das colunas mais populares do jornal. Todos os seus finais de semana são dedicados ao trabalho, é isso mesmo, Gavin escreve a coluna de casamentos, e tem que cobrir as melhores histórias de casamentos que estiverem acontecendo em qualquer lugar dos Estados Unidos. 

Ele não tem o melhor salário do mundo, mas ele é famoso, todas as noivas querem que os seus casamentos sejam tema de sua coluna, então... ele encanta as mulheres com as suas lindas palavras de desde como os noivos se conheceram até o brilho dos noivos no altar, então é de se esperar que ele tenha uma ótima vida amorosa certo?! Nem tanto...

Gavin Greene não escolheu ser um solteirão de 37 anos, ele simplesmente terminou assim...como é que ele pode conhecer alguém quando ele já tem compromisso todos os sábados à noite?! E ele não quer qualquer mulher, Gavin é um romântico incorrigível e tem a mulher perfeita em sua mente:

"Sim, ela existia. Na minha cabeça. Era inteligente. Incrivelmente inteligente. Eu imaginava que ela tinha estudado em Harvard (onde eu só ficara na lista de espera). E sempre interessada no mundo. E não tinha apenas curiosidade. Tinha paixão pelo mundo e espírito aventureiro. Viajara como mochileira pela América do Sul. Ou dera aulas de inglês na Estônia. Ou era o tipo de pessoa que consideraria essas hipóteses. O que havia de tão errado em desejar que Jill fosse essa pessoa?" Página 25

Até que ele a conhece! Na festa do Ano Novo, eles conversaram por um tempo, porém ele achou que ela já tinha namorado e que não estava interessada nele, só que ela estava, e quando ele se deu conta, ela já tinha ido embora e ele fica maluco! E começa uma procura desesperada por Melinda e quando já tinha desistido de procurar, ele finalmente a encontra, sabe como?! Ela vai ser protagonista do próximo artigo da sua coluna de casamentos *o* e agora?! Tem que ler pra descobrir :)

 Geeeente, esse livro me ganhou nas primeiras linhas:

"Alguém me ajude! Sou um prisioneiro numa cerimônia formal de casamento na véspera do Ano Novo! Para falar a verdade, não bem um prisioneiro, e sim um trabalhor forçado por meio de um contrato assinado com um jornal (...) O quarteto de câmara está tocando "Endless Love" pela terceira vez. Alguém atire em mim agora, por favor?" Página 9

Essa é a primeira comédia romântica que eu leio que a narrativa é masculina (fora a nossa querida série Percy Jackson e os Olimpianos do tio Rick) e eu adorei! O Gavin é um personagem que mostra que as mulheres não são as únicas com sonhos de encontrar uma alma gêmea, ele também tem as suas dúvidas, especialmente para uma pessoa que respira o universo dos casamentos. Vocês vão conhecer a Hope, a versão feminina do Gavin, nunca encontra o cara certo, mas não para de tentar, os pais do Gavin, que são uns malucos, o seu irmão, que eu quis das uns tapas as vezes e a avó do Gavin, que é uma fofa :) A história é uma fábula super divertida, rápida de ler e carregada de ironias, que eu amo amo.

Romântico Incorrigível (Saraiva - Skoob)
Autor: Devan Sipher
Editora: Verus
Idioma: Português
Número de Páginas: 252

Há boatos que de esse livro seria a história do próprio autor, saiba mais:

Devan Sipher escreve sobre casamentos na coluna "Vows", do New York Times, há cinco anos. Ele é mestre em belas-artes pela Universidade de Nova York e mora em Manhattan. 

Visite o site do autor:

Ahh, vocês estão achando que já leram esse livro?! Ou melhor, que já viram esse filme?! Vocês estão maaaais ou menos certos, no livro, um filme é lançado no qual Gavin é inspiração pro personagem principal e a  Katherine Heigl é mencionada como a protagonista. E existe um filme chamado 'Vestida para Casar' (27 Dresses) lançado em 2008, protagonizado pela própria Katherine, que tem um universo parecido com o do livro, mas não é baseado no livro nem nada, são ótimas e diferentes estórias, mesmo assim um não deixa de lembrar o outro, o que pra mim tá ótimo porque é um dos meus filmes favoritos, sei as falas quase de cor (omg cadê a vida social né gente?! :p), e como eu recomendo tanto o livro quanto o filme, vou deixar o trailer dele aqui em baixo, se você ainda não viu:


xoxo, Nanda.



3 comentários:

  1. Oi Nanda!!

    Assim que coloquei os olhos na capa quis o livro também... adorei! A história parece ser muito fofa, do jeitinho que eu gosto. E eu também aaaaaamo esse filme, amo a Heigl! Perfeitinho! rsrs

    Beijos florzinha!

    Marcelle
    bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. éééé siiiimmmmm, é um diferente bom a narrativa masculina ^^
    Floooor, muito obrigada pelos elogios ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Tu es vraiment... Tu te fous de nous!! :'(
    Oui j'ai cru que j'avais déjà vu... Mais comme tu as dit que nan...
    JE VAIS LE LIIIIIIIIRE huhuhu \o/

    Merci Nanda que ferions-nous sans toi??

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita! Eu respondo por aqui mesmo ou pode deixar o link do seu blog que eu visito você :) Espero que você volte logo! Nanda ;)