'Anna e o Beijo Francês' de Stephanie Perkins

06 outubro 2012


SINOPSE:
Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto -que tem namorada.Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer? 

Na última edição da Feira do Livro que rolou aqui de Belém, sem falar de grandes sucessos e de grande marketing de livros como os da série de 'Cinquenta Tons de Cinza', esse foi um dos livros mais presentes e em destaque nos stands da Feira, e toda essa divulgação é muito merecida, o livro é ótimo por vários motivos que eu vou já já esclarecer ;)


Anna Oliphant é uma adolescente americana de 17 anos normal, que AMA filmes, e tem o sonho de ser uma famosa crítica de filmes um dia, ela tem tudo de que precisa em Atlanta, sua cidade natal, uma melhor amiga maravilhosa, um emprego que ela gosta muito em um cinema e um namorado em potencial. Até o dia que o seu pai, um famoso escritor, decide que ela vai passar o último ano do ensino médio em uma escola para americanos em Paris.

Ahh, com relação ao pai da Anna, acho que a autora fez umas boas indiretas/comparações com o escritor Nicholas Sparks que me fizeram morrer de rir, o pai da Anna é um escritor super famoso por escrever romances/drama que quase sempre viram filme e no final sempre alguém morre, ela diz em uma passagem:

 “Que vergonha, meu pai ganhando dinheiro com falsas lições de vida sobre pessoas que se apaixonam por pessoas com Leucemia” Tipo muuuuito Nicholas Sparks!!!

Anna odiou a idéia desde o início, apesar dos argumentos de seu pai de que seria maravilhoso viver essa experiência de conhecer uma nova cultura, uma nova cidade e uma nova língua. Uma vez em Paris, ela começa a lidar com as dificuldades de não conhecer ninguém, os obstáculos da língua, coisas que eu mesma me identifiquei muito por ter passado pelas mesmas coisas com o francês durante o meu ano de intercâmbio, o que fez a leitura ficar muito mais real para mim ^^

Anna faz alguns amigos, entre eles St. Clair, o cara mais lindo que ela já viu na vida, imperfeito perfeito e que tem uma namorada de quem ele gosta mesmo... e eles se tornam amigos, melhores amigos. Anna também começa a atrair a atenção masculina na escola, e a história continua e várias coisas acontecem, com os personagens compartilhando as suas idéias e o que esperam da vida, conhecendo e explorando a linda Paris. 

"É possível que lar seja uma pessoa e não um lugar?" página 195
Essa foi a minha passagem favorita, fala que casa nem sempre é o lugar que a gente mora, um verdadeiro lar pode ter vários significados, e um deles é de uma pessoa importante pra gente.

Bom, ainda precisa dizer que eu adorei a estória?! :) 




Claaaaro, eu tenho que dar as minhas alfinetadas né?! Quando tem o que alfinetar...Bom, a tradução do livro, tem umas passagens que eu posso dizer com certeza que eu não entendi nadinha do contexto porque foram incrivelmente mal traduzidas, e é só.

Anna e o Beijo Francês (Saraiva - Skoob)
Autora: Stephanie Perkins
Editora: Nova Conceito
Idioma: Português
Número de Páginas: 288






P.S.: Todos os fãs da autora estão à espera do lançamento do próximo livro da autora: "Lola e o Garoto da Casa ao Lado", também da editora Novo Conceito mês que vem!! Olha só a capa da versão em inglês, que deve ser mantida na versão em português :)



Um comentário:

  1. Ahhhhh! Preciso de Lola! Que perfeito, outro livro dela assim tão pertinho!!! Adorei! Porque fiquei fascinada com a leitura de Anna, um dos meus livros preferidos!Bom demais, né?! rs

    Beijos,

    Marcelle
    bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita! Eu respondo por aqui mesmo ou pode deixar o link do seu blog que eu visito você :) Espero que você volte logo! Nanda ;)