Porque eu gosto de comédias românticas

15 setembro 2012

Tipo assim, é praticamente só o que eu assisto, e um ontem um amigo me perguntou o porquê, se a gente já sabe tudo o que vai acontecer e é tudo tão previsível, eis o meu porquê, extraído de um dos meus filmes nacionais preferidos :)



"Lisbela: Eu adoro essa parte, a luz vai se apagando devagarzinho, o mundo lá fora vai se apagando devagarzinho, os olhos da gente vão se abrindo, daqui a pouco a gente não vai mais nem lembrar que tava aqui...

Douglas: Oh lá! é preto e branco!

Lisbela: Eu acho bonito...

Douglas: Atrasado de montão! Lá no Rio de Janeiro só passa filme colorido...que tipo de história vai ser?

Lisbela: Comédia romântica com aventura :)

Tem um mocinho namorador que nunca se apaixonou por ninguém até conhecer a mocinha, tem uma mocinha que vai sofrer bem muito porque o amor do mocinho é cheio de problemas, tem um bandido que só quer saber de matar o mocinho ou de ficar com a mocinha, ou as duas coisas, tem uma mulher que também quer o mocinho, mas ele não quer nada com ela, e tem também mais uma ruma de personagens que vão ficar fazendo graça pra animar a história, uns vão terminar quase tão bem quanto o mocinho e a mocinha, outros tão mal quanto o bandido, conforme eles ajudem ou atrapalhem o romance...

Douglas: Você já viu?!

Lisbela: Não, mas é sempre assim.

Douglas: E qual é a graça?!

Lisbela: A graça não é saber o que acontece, é saber como acontece e quando acontece. A gente vai conhecer um monte de pessoas novas, um monte de problemas que a gente não pode resolver, que só eles podem, vamos ver como, e quando. Está começando."


'Lisbela  e o Prisioneiro' - 2003

Se ainda não assistiu, corre lá, sempre há tempo ^^


xoxo, Nanda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita! Eu respondo por aqui mesmo ou pode deixar o link do seu blog que eu visito você :) Espero que você volte logo! Nanda ;)